Skip to content
Plantas de Casas


Bancada de cozinha

Escolher o material da bancada de cozinha certo faz toda a diferença, tanto para o seu orçamento quanto para o estilo da decoração do cômodo.

Uma superfície bem escolhida acrescenta praticidade ao seu dia a dia, facilidade na limpeza e na manutenção, além de elegância e beleza para o ambiente.

A variedade de materiais disponíveis hoje no mercado é enorme: é possível encontrar bancada de mármore, granito, quartzo, madeira, inox e até de vidro!

Cada opção tem seus benefícios e suas desvantagens, por isso, apesar de ser tentador optar pelo material que você acha mais bonito, é importante ir além da aparência e pesquisar todas as características antes de comprar.

bancada de cozinha

Conheça os prós e contras dos tipos de bancada de cozinha e faça uma escolha informada.

Quais bancadas usar na cozinha?

Para começar, vamos esclarecer alguns termos comuns que com certeza vão surgir na hora de escolher sua bancada de cozinha:

  • Tampo é a área de trabalho da bancada, que será instalada na horizontal;
  • Rodabanca é uma faixa de revestimento, geralmente feita do mesmo material da bancada, que é colocada sobre ela, na vertical. É similar a um rodapé, só que é utilizada nas pias de cozinha ou nas de banheiro, e serve para impedir que a água ou outros resíduos penetrem na parede. Também é conhecida como frontão;
  • Saia é a peça de acabamento que fica abaixo do tampo, na parte da frente e nas laterais, quando a bancada não encosta na parede dos lados.

Com essas definições feitas, é importante conhecer algumas regras a serem seguidas. O uso do tampo é essencial, já que é nele que você apoiará os alimentos e utensílios na hora de cozinhar.

Já a rodabanca e a saia não são obrigatórias, apesar de garantirem algumas funções extras e de conferirem mais elegância à sua bancada.

No lugar da rodabanca, que impede a infiltração de água da pia para a alvenaria, você pode utilizar um revestimento impermeável, como azulejo e pastilha. Caso decida usar os dois recursos, não se esqueça de harmonizar as cores e os materiais.

Além disso, no caso de existirem armários aéreos, os cuidados com as medidas são essenciais: geralmente, há uma medida de 60cm entre os móveis suspensos e a pia.

O ideal, aqui, é usar uma rodabanca de, no máximo, 15 centímetros, para que a faixa de revestimento não fique muito curta. Agora, se não houver mobiliário acima da bancada, o frontão não tem limite de altura.

Já a medida ideal para a saia varia entre 5 e 20 centímetros, dependendo do gabinete que será utilizado.

Este elemento faz a bancada parecer mais robusta e impede que a água escorra para o chão. A dica é que a parte que encontra o tampo seja cortada em 45 graus para deixar a emenda bem discreta.

Tipos de bancada

Alguns dos fatores a considerar na escolha pelo melhor material para a bancada da cozinha são a aparência, a durabilidade, a praticidade e, é claro, o custo.

O estilo de vida dos moradores também deve ser considerado na hora da escolha: se você tem filhos pequenos, por exemplo, que costumam derrubar comida e bebida nos balcões, é melhor ficar longe de granito branco e mármore.

Para encontrar a superfície perfeita para a sua cozinha, que tal avaliar os prós e contras dos materiais mais comuns? Continue lendo e tire todas as suas dúvidas!

Granito

A bancada de granito é a mais comum nas cozinhas brasileiras. Trata-se de uma pedra natural que oferece opções para todos os gostos e bolsos.

Pode ser cortada do tamanho certo para a sua cozinha e instalada por uma equipe especializada.

bancada de cozinha granito bancada de cozinha granito bancada de cozinha granito bancada de cozinha granito

  • Prós: tem boa durabilidade, é difícil de riscar ou amassar, é resistente ao calor e à água. Fora que é um dos materiais mais versáteis, oferecendo muitas cores e texturas diferentes;
  • Contras: os tipos mais comuns costumam ser acessíveis, mas, se você procura um design mais exclusivo, terá que desembolsar um valor alto. No caso dos tons claros, pode manchar facilmente. Além disso, se não for manejada de forma correta, a pedra pode quebrar na hora da instalação.

Mármore

Sonho de consumo da maioria das pessoas, a bancada para cozinha de mármore tem aparência elegante e refinada, podendo assumir a função de elemento de design focal no seu ambiente.

bancada de cozinha marmore bancada de cozinha marmore bancada de cozinha marmore

  • Prós: por se tratar de uma pedra natural, cada peça terá veios e padrões exclusivos. Além disso, a superfície tem textura suave, não quebra fácil e resiste bem ao calor;
  • Contras: o preço é mais alto do que o granito e algumas substâncias – como suco de frutas cítricas, café, álcool e produtos de limpeza – podem manchar a pedra.

Silestone

O Silestone é uma pedra artificial feita de uma mistura com resina de poliéster e 93% de quartzo. Oferece o melhor de dois mundos: a beleza da pedra natural, com a durabilidade de um material industrializado.

bancada de cozinha Silestone bancada de cozinha Silestone bancada de cozinha Silestone bancada de cozinha Silestone bancada de cozinha Silestone

  • Prós: muito resistente, ainda é impermeável e oferece ainda mais opções de cor e textura do que o granito;
  • Contras: o preço é bem elevado.

Quartzo

Uma bancada para cozinha de quartzo pode ser uma boa opção para quem quer efeito parecido com o do Silestone, porém com um custo-benefício melhor.

bancada de cozinha Quartzo bancada de cozinha Quartzo bancada de cozinha Quartzo bancada de cozinha Quartzo bancada de cozinha Quartzo

  • Prós: não é poroso, então, é à prova de riscos e manchas. Tem a aparência de pedra natural, mas é possível customizar a cor com a adição de pigmentos;
  • Contras: apesar de mais barato do que o Silestone, ainda tem um custo elevado em relação a outras alternativas de bancada. A bancada também é bem pesada e precisa ser instalada por profissionais.

Corian

Assim como o Silestone, a bancada de Corian é um material sintético. A superfície sólida é fabricada com 1/3 de resina acrílica e 2/3 de minerais naturais e pigmentos.

  • Prós: é resistente, dura muito tempo e tem superfície suave que permite a junção invisível com o frontão e a saia, sem emendas aparentes. Altamente customizável, pois há várias opções de cores, podendo inclusive imitar materiais como concreto e mármore. Se quebrar, é facilmente reparável;
  • Contras: é um dos materiais para bancada com custo mais elevado.

Inox

A bancada para cozinha de aço inoxidável é bastante comum em estabelecimentos comerciais, por conta de ser higiênico e resistente, mas também pode ser utilizada em residências.

bancada de cozinha inox bancada de cozinha inox bancada de cozinha inox bancada de cozinha inox bancada de cozinha inox bancada de cozinha inox

  • Prós: é muito durável, à prova de manchas, resiste bem a altas temperaturas, é fácil de limpar e reflete a luz, deixando o ambiente mais claro;
  • Contras: pode escurecer e risca fácil. Também deixa bem visíveis as impressões digitais e faz um barulho alto quando objetos batem contra sua superfície.

Madeira

O uso de bancada para cozinha de madeira é mais comum em outros países, mas vem se popularizando no Brasil por causa de sua beleza.

bancada de cozinha Madeira bancada de cozinha Madeira bancada de cozinha Madeira

  • Prós: é uma ótima superfície para cortar e preparar alimentos e não causa dano a utensílios delicados, como os feitos de vidro ou de porcelana;
  • Contras: pode sofrer queimaduras, amassados, riscos e manchas. Ainda requer um tratamento com um verniz especial, que precisa ter manutenção regular, e pode sofrer descoloração caso seja instalada em volta da pia.

Bancada de cozinha americana

Integrar a sala com a cozinha é uma tendência para casas e apartamentos pequenos. Essa união faz com que os espaços pareçam mais amplos e favorece a convivência, já que permite que quem está cozinhando ou lavando a louça participe das conversas na sala.

Geralmente, a separação entre os dois cômodos é feita com uma meia parede e uma bancada. A altura ideal para esse balcão é de 1,10m e ele pode ser feito de diversos materiais, como madeira, MDF, pedra, vidro e até alvenaria revestida com azulejos ou pastilhas.

Você pode ser criativo, mas é essencial combinar a superfície com o restante da decoração da cozinha e da sala, já que o ambiente integrado será visto como um só.

Bancada de cozinha americana Bancada de cozinha americana Bancada de cozinha americana Bancada de cozinha americana

Cadeiras para bancada de cozinha

Se você tem uma cozinha americana ou um espaço que conta com ilha, precisa pensar também no estilo de banquetas que vai utilizar.

O primeiro detalhe que você precisa observar é o espaço disponível. Se ele for pequeno, evite cadeiras muito grandes e com encosto, já que elas vão atrapalhar a passagem.

Também é necessário avaliar o conforto das banquetas para cozinha. Caso você receba muitos convidados, pode ser uma boa ideia investir em modelos com altura regulável, para acomodar bem tanto as pessoas mais baixas quanto as mais altas.

Média de preços

A variedade de materiais é grande e, além das características listadas acima, também é necessário avaliar o custo-benefício de cada um dos tipos de superfície disponíveis. Confira uma média de preços de bancada para cozinha por metro quadrado:

  • Granito: R$ 500;
  • Mármore: R$ 900;
  • Silestone: R$ 2 mil;
  • Quartzo: R$ 1 mil;
  • Corian: R$ 3 mil;
  • Inox: R$ 1 mil;
  • Madeira: R$ 700;

Os preços também variam bastante de uma loja para a outra, então, vale sempre a pena fazer vários orçamentos na sua cidade antes de fechar a compra!