Fossa Séptica

A Fossa Séptica nada mais é do que um tanque fechado e enterrado sob a solo com o intuito de realizar a depuração dos desejos domésticos.

O que é Fossa Séptica?

Fossa Séptica, também conhecido como tanque séptico, é um sistema que foi desenvolvido para realizar o tratamento de esgoto sanitário de residências.





É considerada a unidade de tratamento de esgotos mais antiga da qual se tem conhecimento e ainda hoje é bastante empregada, principalmente em áreas rurais, devido ao seu baixo custo, simplicidade e facilidade de operação.

Fossa Séptica
Informações sobre Fossa Séptica. (Foto: Reprodução)

Este sistema trata dos desejos tanto de maneira física quanto química. Ela purifica as águas provenientes dos vasos sanitários, tornando-as próprias para o descarte, tanto do ponto de vista ecológico como sanitário a fim de evitar a proliferação de doenças.

A Fossa Séptica trata-se de um tanque feito de concreto, alvenaria ou outro material de grande resistência, com capacidade mínima de 1.250 litros, no qual são despejados os dejetos humanos bem como as águas residuárias.

Como funciona a Fossa Séptica

Primeiramente os desejos são encaminhados os tanques e neste momento, inicia-se o processo de decantação e decomposição da matéria orgânica pelas bactérias anaeróbicas (digestão anaeróbia).

Durante esta digestão anaeróbica as bactérias produzem gases que são liberados para o ambiente através de uma válvula de escape contida no tanque.

Ligado a este primeiro tanque existe outro tanque que contém um filtro formado por cascalho e areia. A medida que a primeira fossa vai enchendo, a água contida excedente vai sendo transportada para a segunda fossa através de um cano para que possa passar pela filtração.

Por fim, após a filtração, a água é depositada no terceiro tanque, conhecido por sumidouro, tanque este que irá armazenar a água tratada até a sua posterior utilização ou descarte.

Como fazer Fossa Séptica

O dimensionamento da fossa é realizado com base na quantidade de moradores da residência. De maneira geral, contabiliza-se 200 litros de água por dia para cada pessoa.

Para que o sistema funcione a contento, a altura da fossa não deve ser maior do que o dobro de seu diâmetro.

Caixa de inspeção

A caixa de inspeção tem a finalidade de ligar a tubulação da residência até a Fossa Séptica e deve possui as seguintes dimensões:

  • Largura: 60 centímetros;
  • Comprimento: 60 centímetros;
  • Profundidade: 50 cm.

Ela de ser construída de alvenaria a uma distância de 2 metros da casa, dentro de uma cavidade de 1 metro de comprimento, 1 metro de largura e de profundidade entre 0,5 e 1 m.

Assim como na fossa, o fundo desta cavidade deverá ter o solo compactado e revestido por uma camada de concentro magro.

As paredes desta caixa deverão ter no mínimo 10 centímetros de largura. E esta deverá ser coberta por uma placa de concentro com 5 centímetros de espessura.

Informações sobre Fossa Séptica
Foto: Reprodução

Qual o lugar ideal para instalar a Fossa Séptica?

Pode-se instalar fossas sépticas pré-moldadas ou então construí-las no próprio local, desde que obedeça uma distância mínima de 30 metros da fonte de captação de água da residência, a fim de evitar a contaminação da mesma.

De maneira geral, as fossas sépticas distam 6 metros do banheiro da moradia, e são instaladas no próprio lado do banheiro, evitando-se assim curvas no encanamento. E deverão estar em um nível mais baixo do terreno.

Instalação

Para se instalar uma Fossa Séptica pré-moldada, deve-se primeiramente escavar o buraco no qual a mesma será enterrada.

Em seguida, deve-se nivelar e compactar o solo do fundo do buraco, e por cima cobrir com uma camada de concentro magro de 5 centímetros de espessura. Por fim, a fossa é encaixada neste buraco e ligada a tubulação.

A tubulação que irá ligar a rede de esgoto da casa a caixa de inspeção deverá ter um caimento de no mínimo 2%, isto é, 2 cm a cada metro de tubulação.

É preciso ter muito cuidado e atenção no momento de montar um sistema de Fossa Séptica, visto que se a mesma for mal construída ou mal instalada, no caso das pré-moldadas, ela poderá ocasionar a contaminação do lençol freático, tornando a água de consumo dos moradores imprópria para o consumo devido à grande quantidade de agentes infecciosos.

Manutenção

De tempos em tempos a Fossa Séptica deve ser limpa, ou seja, deve ser retirado do fundo da mesma, excesso de resíduos que são gerados durante o tratamento do esgoto.

Quanto a periodicidade desta limpeza, ela é variável, pois depende de uma série de fatores, tais como: tamanho do tanque, número de moradores da residência e quantidade de água liberada.

No entanto, recomenda-se que a limpeza seja feita ao menos uma vez ao ano, a fim de mantê-la em bom estado de conservação e funcionamento.

Tanto a limpeza quanto a manutenção deve ser realizada por empresas de desentupimento devidamente qualificadas para este fim.

Considerações finais

Apesar de simples, este é um sistema de tratamento de esgoto bastante viável economicamente e eficaz, por este motivo que é ainda muito utilizado em locais nos quais ainda não existe a rede de tratamento de esgotos.

Vale ressaltar ainda que este é um método natural de tratamento, no qual microrganismos vivos se encarregam de purificar a água, tornando-a apta para seu descarte ou até mesmo para ser reutilizada em outros locais.

Gostou das informações sobre a Fossa Séptica? Então compartilha este conteúdo com seus amigos nas redes sociais e deixa sua avaliação nas estrelinhas abaixo.

Fossa Séptica
5 (100%) 7 votes



Mais Sobre Decoração

LISTA DE CASAMENTO PERNAMBUCANAS

Lista de Casamento Pernambucanas

A lista de casamento Pernambucanas é uma ótima opção os futuros noivos. As lojas Pernambucanas …