Jardim Vertical





O jardim vertical é uma ideia moderna e elegante para aqueles que possuem pouco espaço disponível, mas que desejam trazer a natureza para dentro de casa.

Mesmo quando colocadas em apenas um cantinho da residência, as plantas conferem ao ambiente um toque especial de estilo, frescor e personalidade.

Tipos e modelos de jardim vertical

Uma vantagem desse tipo do paisagismo são as inúmeras possibilidades de montagem. Além dos diversos formatos, as plantas para jardins verticais também possuem uma grande variedade.

Essa imensa gama de produtos torna sua montagem uma tarefa praticamente sem limites de técnicas. Apesar disso, alguns métodos são bastante populares, por exemplo:

Vasos e Treliças

As treliças são formadas pelo cruzamento de madeiras, que têm como finalidade a sustentação dos vasos.

Basta escolher o modelo, chumbá-lo na parede e pendurar vasos meia lua com plantas à escolha.

jardim vertical de Vasos e Treliças

Fibra de coco

O material é natural, de baixo custo e atua como fungicida para as plantas. Para aplicar o painel de fibra de coco, basta retirar a tinta e impermeabilizar a parede antes.

Em seguida, é só fixar as placas do tamanho escolhido. É possível deixar parte do painel aparente para garantir um charme natural.

jardim vertical de Fibra de coco

Quadro vivo

a técnica é excelente para espaços muito pequenos. Como o próprio nome diz, o quadro vivo consiste em fixar uma moldura, com terra e devidamente vedada, na parede.

Depois, basta acrescentar a ela as plantas escolhidas, de preferência suculentas.

jardim vertical de Quadro vivo

PET

Este é o método mais barato e fácil de fazer. É necessário reutilizar as garrafas PET cortando o material e e suspendendo-o com corda, barbante ou arame.

Então é só encher de terra e escolher o que plantar.



jardim vertical de pet

Como fazer um jardim vertical

O primeiro passo é escolher um local ideal para a montagem. É preciso se lembrar que as plantas precisarão ser aguadas com frequência, por isso, outro ponto importante a ser considerado é a irrigação.

O passo dois é escolher a técnica a ser utilizada conforme o orçamento disponível. Como citado no tópico anterior, é possível comprar painéis prontos ou fabricar tudo com as próprias mãos. Em seguida é só consultar a grande variedade de plantas disponíveis para este fim e escolher as favoritas.

Jardim vertical com pallets

Caso escolha fabricar seu próprio jardim vertical, uma excelente opção é utilizar pallets. Para isso, é só seguir as seguintes instruções: pegue um pallet, lixe-o até retirar as farpas, aplique verniz e espere secar. Fixe a estrutura na parede, pregue vasos meia lua nas ripas e preencha com as plantas de sua preferência.

Dicas de plantas

Por conta de sua estrutura, nesse tipo de paisagismo não podem ser utilizadas plantas com raízes profundas ou grandes.

Além de seu peso, a falta de espaço para crescer pode causar danos ao jardim.

Também é preciso considerar se o local onde ele está instalado está totalmente ou parcialmente exposto ao sol.

Algumas espécies indicadas para jardins verticais são: Samambaia, Hera Inglesa, Russélia, Flor Canhota, Colar de Pérolas, Barba de Serpente, Liríope, Jibóia, Véu de Noiva, Planta-Jade e Rabo-de-Burro, Rabo-de-Gato, entre diversas outras.

Fotos

Veja a seguir uma galeria de imagens com exemplos de diversos modelos de jardins verticais.

Jardim Vertical
Dê sua avaliação ao post!