Skip to content
Plantas de Casas


Teto de Gesso

O teto de gesso é uma técnica que utiliza o gesso como material principal, o aumento de sua procura se deve à sua facilidade, durabilidade e possibilidades de decoração.

A única desvantagem do teto de gesso é que o mesmo pode gerar incômodo quando se trata de uma reforma, pois pode fazer sujeira. Porém, sua instalação é bem mais rápida que outros materiais (como a alvenaria).

Há quem faça o teto de gesso do zero colocando o material sobre a estrutura do teto ou quem opte pela colocação de placas (método mais comum), em ambos os casos o custo final sofre pouca variação.

Confira a seguir tudo que você precisar saber antes de escolher o teto de gesso para sua residência.

Teto de Gesso
Foto: Reprodução

Por que usar Teto de Gesso?

Dentre as diversas vantagens do uso do teto de gesso, tem-se:

  • Infinitas possibilidades na iluminação do ambiente: o teto de gesso possibilita diversas estratégias de iluminação, tornando o ambiente mais aconchegante e bonito;
  • Uniformização do ambiente: com o uso deste material é possível “esconder” imperfeições e fios que ficam expostos no ambiente, o que o torna visualmente mais agradável;
  • Pode ser o carro-chefe da decoração: pela flexibilidade do material, o mesmo pode ser usado como um item essencial da decoração, principalmente pelas inúmeras texturas e acabamentos disponíveis;
  • Econômico, rápido e duradouro: quando comparado a outros materiais, o teto de gesso possui fácil e rápida instalação, baixo custo e boa durabilidade (deve ser usada tinta impermeabilizante antes do acabamento final). 

Média de preço do Teto de Gesso

O preço médio do teto com gesso varia de região para região e de acordo com o tipo escolhido. Em pesquisa online o site Habitissimo, sugere que a média de preço é de R$30,00 por m2, sem contar os gastos com mão de obra.

Tipos de Teto de Gesso

Existem diversos tipos de teto de gesso, sendo os mais comuns:

  • Rebaixamento de gesso: consiste na diminuição da altura do pé direito utilizando uma espécie de “teto falso” construído com gesso. O acabamento é na maioria das vezes liso e uniforme;
  • Teto de gesso do tipo sanca: é o tipo de teto de gesso que conta com a instalação do material em apenas uma parte do teto, não havendo a necessidade de rebaixar ou colocar o material no teto por completo. O acabamento é curvo, reto ou de acordo com a preferência do morador;
  • Teto de gesso removível: é a técnica mais procurada, consiste na aplicação de placas de gesso prontas no ambiente. O acabamento é variável, bem como o tamanho das placas são diversos.

Teto de gesso para sala

Para ambientes que possuem boa circulação de pessoas e que é usado para descanso com a sala, o teto de gesso com acabamento liso e com iluminação abundante é o mais recomendado.

Teto de gesso para sala
Foto: Reprodução
Teto de gesso para sala
Foto: Reprodução
Teto de gesso para sala
Foto: Reprodução

Teto de gesso para quarto

Em grande parte dos projetos de interiores de quartos, o teto de gesso mais usado é o do tipo sanca. Isso porque é possível criar efeitos que deixam o cômodo mais bonito e confortável.

Teto de gesso para quarto
Foto: Reprodução
Teto de gesso para quarto
Foto: Reprodução
Teto de gesso para quarto
Foto: Reprodução

Teto de gesso para cozinha

Nas cozinhas o teto de gesso recomendado é o com acabamento liso, linha reta e com luz central. Desta forma, o ambiente é valorizado e menos aquecido. 

Teto de gesso para cozinha
Foto: Reprodução
Teto de gesso para cozinha
Foto: Reprodução
Teto de gesso para cozinha
Foto: Reprodução

Teto de gesso para banheiro

Nos banheiros, as placas de gesso lisas são as mais usadas, visado à simplicidade do ambiente e conferindo ao mesmo a sensação de limpeza. Mas atenção, deve ter cuidado redobrado com a impermeabilização deste cômodo, por ser mais úmido que os demais. 

Teto de gesso para banheiro
Foto: Reprodução
Teto de gesso para banheiro
Foto: Reprodução
Teto de gesso para banheiro
Foto: Reprodução

Teto de gesso simples

Os tetos de gesso simples são geralmente com acabamento liso e sem muito detalhe, ideal para ambientes empresariais ou para cômodos de pouca circulação.

Teto de gesso simples
Foto: Reprodução
Teto de gesso simples
Foto: Reprodução
Teto de gesso simples
Foto: Reprodução: HELLOMOTOIDEN

Teto de gesso moderno

Já os tetos de gesso modernos contam com detalhes, existem os com texturas e os que fazem uma espécie de moldura. São muito usados para lojas e para ambientes sofisticados.

Teto de gesso moderno
Foto: Reprodução
Teto de gesso moderno
Foto: Reprodução
Teto de gesso moderno
Foto: Reprodução

Teto de gesso rebaixado

O teto de gesso rebaixado consiste em rebaixar o pé direito do ambiente, conforme mencionado acima. Ideal para qualquer tipo de ambiente que seja muito alto ou para esconder imperfeições diversas.

Teto de gesso rebaixado
Foto: Reprodução
Teto de gesso rebaixado
Foto: Reprodução

Como Fazer Teto de Gesso

Para fazer teto de gesso utilizando placas, siga os seguintes procedimentos:

  1. Determine o nível do teto;
  2. Coloque as guias/ cantoneiras;
  3. Confira o nível do teto com auxilio de uma mangueira de nível;
  4. Marque os pontos de fixação dos tirantes;
  5. Coloque os tirantes e suportes niveladores;
  6. Posicione os perfis perimetrais nas linhas marcadas;
  7. Confira mais uma vez o nível;
  8. Fixe os perfis às paredes do cômodo;
  9. Faça a amarração das chapas de gesso;
  10. Cubra com massa e fita as jutas;
  11. Cubra com massa os parafusos utilizados na fixação dos perfis.

Gostou da publicação sobre Teto de Gesso? Então compartilha o conteúdo com seus amigos em todas as suas redes sociais e nos grupos de WhatsApp.